Criar um prologo Tutorial iniciante


[Tutorial] Como criar um prólogo passo-a-passo!
- Sempre que me perguntam como criar um prólogo eu respondo: “Escreva sobre como está seu personagem, como é o cenário e como seu personagem chegou até lá.”
- Basicamente é isso ai mesmo, mas vou postar com um pouco mais de detalhes passo a passo em como fazer isso, espero que seja fácil de compreender e que ajude vocês (iniciados).


Criando prólogo.

- Após escolher o cenário você deve postar/elaborar três partes essenciais para o prólogo.

1ª: Descreva as características do seu personagem!

- De forma simples (ou não) você deve criar em detalhes como está seu personagem. Mas como faço isso? Simples, As vestimentas dele, cabelos, altura, tipo físico, tudo isso conta e pode ser usado para descrevê-lo, basta você ter uma idéia de como colocar isso no prólogo, abaixo um breve exemplo:

“Rikudou Sennin atravessava o campo trajando seu uniforme negro com pequenas manchas em vermelho, era sangue, o que significa que ele acabava de sair de uma batalha... [...] Seus cabelos prateados ondulavam-se pelo sopro gentil do vento que lhe batia a face... [...] Uma espada curta as suas costas demonstrava sua firme intenção de lutar. [...] Com sua guarda aberta empunhando sua katana ele aguardava a chegada do eternizado oponente, seu tipo atlético não deixava dúvidas sobre sua força, seus olhos lilases demonstrava frieza para com ataques mortais...”

- Já estou velho demais para isso. –qqq
- Enfim, acima é um pequeno exemplo (noob -qqq) sobre descrever caracteriscas do personagem.

2ª: Descreva as características do cenário.

- De certa forma essa parte não é tão simples quanto a 1ª, isso se deve porque a pessoa tem que usar do máximo da sua imaginação, criar um cenário mentalmente e descrevê-lo em palavras, para alguns isso não é trabalho nenhum, mas para outros... Criar um prólogo descrevendo o cenário é uma negação. (Risos)
- Abaixo outro exemplo.

Carregava seu pesado cajado por uma estrada de terra batida que serpenteava em meio à densa floresta de... [...] Apoiava sua destra ao chão cheio de grama molhada, uma fina camada de chuva havia caído sobre aquele lugar... [...] Flores brotavam do outro lado da margem do rio, enquanto trutas salteavam pelas corredeiras, umas revoadas de pássaros transcreviam a maravilha da Criação...

- Disse que estava muito velho pra isso...
- Para mim, descrever um cenário é mais fácil do que o personagem, já que meu personagem não tem muito o que descrever. –qqq
- Notavelmente meu post ficou melhor na descrição do cenário por causa disso. –qqq
- Enfim, abaixo outro exemplo, mas dessa vez a 3ª e ultima parte de como criar um bom e decente prólogo.

3ª: Descrevendo a chegada do seu personagem ao local da batalha.

- “Como eu cheguei aqui?” Essa é a pergunta que eu me faço toda vez que vou criar esse tipo de descrição, talvez você também pense nisso naquele momento... Mas... Como foi que eu cheguei aqui de fato? Citar caminhos que chegavam ao local, citar missões que lhe foram dadas, entre muitas outras coisas pode ser visto como um motivo para chegar à aquele lugar, abaixo mais um exemplo (noob –q) de como fazer.

Caminhando por uma estrada de terra batida, o velho ermitão peregrinava até um País desconhecido, atravessará pontes, enfrentará ladrões e até mesmo bravos animais ferozes, isso não o impedia de levar seus ensinamentos até o limite de sua existência, o velho agora atravessava uma ponte que estava ameaçada de cair, em um salto e pequenos giros no ar, ele tocava o solo firme do outro lado do penhasco... [...] Finalmente ele chegava ao seu destino final, uma pequena vila dominada por ladrões que exploravam os mineradores em troca de proteção, falsa proteção, matavam por qualquer motivo e as vezes até mesmo sem um... [...] Adentrava ao bar e logo pedia um saquê.

- Que coisa, mais um post noob. ‘-‘
- Enfim, eis a ultima parte do tutorial, espero tê-lo ajudado, e espero ajudas também. xD
- Em outras palavras, o prologo é de certa forma a sua identidade, se bem feito você fica famoso, se mau feito, bah você é chamado de noob, essa é a realidade no mundo RPG fake hoje em dia, o blog também tem como objetivo mudar essa idéia.
- Obrigado mais uma vez pela sua atenção, fiquem a vontade para comentar se quiserem, desculpe-me se há algo errado ai em cima, postem e eu corrijo. ^^

1 comentários:

Diva Goldsmith disse...

Explicou de forma simples e correta de um prologo assim os iniciantes não se perdem, só gostaria de fazer uma observação que não importa quantos anos fake tenhamos, batalhas vencidas, ou experiencia adquirida... se tiver em mente que de você nao é o melhor sempre se cresce e se evolui. Parabéns e obrigada.

Postar um comentário